dê a si uns minutos de silêncio

Às vezes a gente fala demais. Outras vezes, a gente ouve demais. Lê demais. Vê demais. A conta é básica, tudo que é demais faz mal, para vida, para mente, para o coração.

Já não durmo sem remédio desde que todo esse caos começou e mesmo com o remédio, acordo várias vezes, tenho pesadelos e sonhos estranhos. Já não consigo conversar sem brigar, desde que todo mundo passou a ficar em casa e todos estão feitos granadas sem o pino a ponto de explodir, qualquer coisa é motivo para chorar, gritar, bater a porta. Cada um vivendo o seu inferno particular em um comodo da casa. São muitos infernos em uma casa só vinte e quatro horas por dia, de segunda a segunda. É um caos, mas vamos sobreviver, repito todos os dias antes de dormir e antes de levantar.

As segundas tem sido mais difíceis do que antes, quando era só dia comum de mau humor para começar mais uma semana de trabalho, trânsito, relatórios para entregar, aulas…. agora, temos incertezas sobre o trabalho, congestionamento de preocupações sobre boletos, comida, saúde… angustias, EAD (nada contra, mas nada a favor também)… acho que nunca desejei tanto uma segunda-feira normal – o significado de uma semana normal, do mês normal, do ano normal.

Contudo, não dá para ficar remoendo essas coisas todos os dias. É como caminhar em direção de um precipício para cair. Também não dá para ser clichê e fazer de conta que não estamos preocupados, porquê é como se sufocar com as próprias angustias e isso também mata. Então o que fazer?

Para começar: RESPIRE PROFUNDAMENTE. Se dê alguns minutos de silêncio. De reverência as suas emoções, de atenção as suas angustias com um olhar humano, talvez algumas delas escorram pelos olhos, deixe escorrer… escute o seu próprio coração bater. Isso vai passar. Ainda que demore um pouco, mas vai passar.

Por favor, dê a si uns minutos de silêncio, de paz.

É verdade que não seremos mais os mesmos depois de tudo isso… mas precisamos nos manter sóbrios, saudáveis, resilientes para (re) começar de novo, porquê vamos começar de novo!

Por: Francielle Santos

(Foto: Reprodução / Pinterest)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s