ao amor da minha vida

Hoje escrevo à você, o amor da minha vida. Sem rodeios, sem esconder indiretas, sem evitar as palavras que pulsam no meu coração. Escrevo por você ser a razão mais pura do brilho dos meus olhos e dos meus sorrisos. Escrevo sobre mim, porquê tudo que sou neste momento tem você e tudo o que você faz o meu eu inteiro sentir.

Não preciso te chamar pelo nome, para você saber que é tua cada palavra, cada riso, cada lágrima, cada pulsar e todos os meus desejos. Não preciso te mostrar uma só versão minha, pois você sabe que tem todas as versões vestidas e não vestidas em suas mãos, guardada nos teus braços e livre nos teus lençóis.

Ainda não encontramos o tempo para chamar de nosso tempo, mas você sabe que eu te espero. Que todos os dias é uma saudade diferente. Todos os dias uma razão a mais para ser melhor. Um dia seremos eu e você em uma colina recitando os votos, consagrando o inicio de uma vida inteira juntos.

Já não questiono os prazos, as idas e nem as vindas. Sei que tudo está como tem que está agora, para um dia ser como será. Por alguma razão pela qual não sei explicar, eu sei que a nossa vida chegará. Este amor é a esperança pelos dias felizes de uma vida ao teu lado.

Eu te amo.

Os dedos coçam para te escrever. Os lábios tremem para dizer. O meu corpo inteiro te reage. Você é a realidade que eu sonho em ter por todos os dias da minha vida.

Por: Francielle Santos

(Foto: Reprodução / TELL THE BIRDS)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s