eu te agradeço pelo castigo

Eu pensei que não saberia mais como viver os meus dias sem você. A verdade é que depois que desaprendemos a viver como um para aprendermos a viver à dois, se torna ainda mais difícil voltar a aprender a viver a um como antes. Depois que expandimos, melhoramos, evoluímos, é impossível voltar ignorar as mudanças completamente.

Eu perdi a minha forma antiga quando você chegou. Eu assumi as tuas manias, eu remodelei o meu jeito. Porém, você se foi e partes demais de você ficou por aqui.

No começo, eu pensei que não saberia mais fazer as coisas que gostava e que aprendi a gostar com você. Ouvir as nossas músicas. Comer as nossas misturas malucas. Assistir as nossas séries sem ter você para comentar. Ir aos lugares que costumávamos ir. Continuar existindo sem metade de mim. Porém a verdade é que eu ainda vivo, eu ainda posso fazer aquelas coisas todas, eu ainda escrevo sobre nós, eu ainda sonho aqueles sonhos clichês, eu aprendi a lidar com a nova rotina, aprendi a continuar… eu existo longe de você e a solidão foi o meu melhor castigo.

Um castigo disfarçado com um muitos aprendizados, que eu nem sei se te amo mais ou se te guardo no potinho da estante da sala. É incoerente, mas as complexidades da vida, não tem lá muita lógica. Tem coisas que a gente so aprende na marra, só sente no susto, só descobre quando a solidão chega e somos obrigados a ficar a sós com as nossas anormalidades, compreende?

Você saiu pela porta e muitas ideias clichês saíram contigo e claro que eu reclamei, claro que eu fiquei puta da vida de perder aquelas fantasias todas sobre mim, sobre nós, sobre o amor. Contudo, veio a maturidade, o entendimento de que algumas pessoas são um poema, um verso que compõem uma história.

Cada pessoa que entra na vida da gente cumpri um prazo de ensinamento, amadurecimento e de reforma. Todos contribuem com algo. Cabe a nós a maturidade de perceber que até nos fins, temos ganhos, até nos castigos temos fortalecimento de algo em nós e sobre tudo na vida ao redor.

Por fim, eu só quero te agradecer pelo castigo!

Por: Francielle Santos

(Foto: Reprodução / Out Fitters)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s