só quero se for para ser inteiro, intenso, vivo, entende?

Estou mudando e não é pouco ou para pouco. Ando estranha para os conhecidos e conhecida para os novos estranhos em minha vida.
Já não quero mais tuas migalhas, aliás, não quero aceitar migalhas de ninguém.

Só quero se for para ser inteiro, intenso, vivo, entende?

Chega um ponto que não dá mais para fazer de conta. Ou é ou não é e qualquer coisa além disso se torna desnecessária.

Sei que parece loucura viver com tudo que tenho, com tudo que verdadeiramente sou agora, mas também sei que é corajoso e essa coragem para me entregar a vida te apavora, assim como te excita.

Por isso, se decidir encarar essa loucura que eu sou, tenha coragem também de viver a vida como quem se lança do avião de paraquedas. Talvez eu seja uma queda livre. Não é presunção, são apenas nuances de quem sou e eu não posso, nessa altura esconder de ti qualquer verdade ao meu respeito.

O meu equilíbrio te traz paz e minha loucura te fascina, mas você precisa dar conta do recado todo. Não basta ser um caminhãozinho que dá conta da areia, tem que saber o que fazer com a areia, entende? Se não for pra ser assim, melhor me esquecer logo. Eu sei me virar sozinha e por mais que eu queira me virar contigo, não aceito nada menos que isso: você inteiro, intenso e vivo.

Por: Francielle Santos

(Foto: Reprodução / Dirty Boots| Photographer Community)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s