não vou mais voltar e eu sei que agora você sabe

Você não me deu a chance de tentar por medo de errar e escolhendo não errar, você rejeitou o meu amor. Preferiu me guardar em um potinho, como se eu fosse um enfeite, que de vez em quando você decidi tirar do fundo da sua estante e dar uma olhada, ter uma conversa, umas risadas, matar uma tal saudade e depois me guarda de novo e eu juro, eu não consigo entender, por mais que eu tente, porque você prefere me guardar do que me viver.

Eu sei que a vida não foi tão gentil assim conosco. Eu sei também que tantas coisas aconteceram entre nossas vidas, que nós atropelou de um jeito que foi difícil de encontrar um caminho. E tudo isso, me inquieta, pois sei que apesar de tudo, inclusive por tudo que também não vivemos, a gente sobreviveu. O que era um pedaço do que era nosso, ainda resistiu. Escondido. Menor. Guardado. Talvez não tão mais importante em nós, mas ainda está aqui.

Você que sempre disse que não me servia e eu que sempre soube que sempre serviu para muito mais do que só preencher as linhas do meu caderno.

No fim, eu só aceitei. São escolhas! Eu não poderei te esperar a vida toda. Tão pouco aceitar ficar escondida na tua estante para sempre. Eu sei que mereço mais do que só uma visita no meio da noite, de um dia qualquer da tua semana. Dessa vez, eu vou e não vou mais voltar e eu sei que agora você sabe.

Por: Francielle Santos

(Foto: Reprodução / Pinterest)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s