faltou querer ficar

Já não é mais uma questão de quem ama menos ou quem ama mais. Tão pouco é sobre a falta de esclarecimento, de dizer todas as verdades e justificar todas as mentiras. Não se pode afirmar que não tínhamos tesão o suficiente na cama, no sofá, na banheira e entre nossas almas. Ou que não nos entendíamos através do olhar e do nosso silêncio. Ou que não combinávamos, que as nossas famílias nos odiávamos juntos, pois todos sabem, o contrário era o que era a mais bela realidade.

Mas não deu, não é? Você ficaria, se quisesse ficar. Eu sei! Assim como eu também sei, que não faltou nada. Tínhamos tudo e mesmo tendo tudo, faltava querer ficar.

E querer ficar, eis o segredo para fazer da certo, quando o amor não basta, quando a chuva cai pesado, o frio chega sem dó, a indiferença acontece, o mal jeito de se explicar é inevitável. A gente precisa querer ficar, insistir, entender, para conseguir reparar, re-organizar e continuar amando.

Faltou muitas coisas entre nós, eu sei, mas de tudo o que faltou, o que pesou mesmo na balança, foi querer ficar.

Por: Francielle Santos

(Foto: Reprodução / India Earl)

2 comentários em “faltou querer ficar

  1. […]”O mal jeito de se explicar é inevitável”[…] , esse mal jeito faz doer, faz abrir uma ferida profunda, não há cuidado com as palavras. As palavras viram lanças afiadas que cortam e faz sangrar e a gente se pergunta se havia amor.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s