eu queria nunca ter te encontrado

Eu queria nunca ter entrado naquele lugar que os nossos caminhos se cruzaram. Eu queria nunca ter olhado nos teus olhos. Eu queria nunca ter te falado o meu nome. Eu queria nunca ter deixado você pegar na minha mão. Eu queria nunca ter aceitado os teus mimos. Eu queria nunca ter dado atenção as tuas histórias. Eu queria nunca ter te contado as minhas histórias. Eu queria nunca ter sorrido na tua frente, menos ainda, ter chorado. Eu queria nunca ter te abraçado. Eu queria nunca ter aceitado jantar com você. Eu queria nunca ter aberto para ti o meu portão, no meio daquela noite. Eu queria nunca ter voltado lá de novo e de novo… Eu queria nunca ter me apaixonado.

Tu, como uma tempestade com raios e trovões, quase destruiu a minha vida. Tu, que parecia tão calmo, tão gentil, tão honesto, fez de mim alguém pela qual eu passei a ter vergonha no reflexo do espelho. Tu, que me jurou verdades, fez de mim parte das tuas mentiras. Tu, que me fez sentir as sensações mais profundas e belas na vida, também fez eu sentir a repulsa e a culpa na mesma medida, por ter feito tão mal a outro alguém. Eu te odeio, tanto quando te amei.

Quando se descobre as verdades do amor, só há duas possíveis saídas: a felicidade ou o amargo sofrimento.

Tu, tanto se fez de minha felicidade. O colorido, nos meus dias cinzas. A tranquilidade, nos dias de tormento. A alegria nas horas sombrias. O calor entre os meus lençóis frios. Tu, com a mesma força, me entristeceu profundamente. Foi como acordar de um sonho lindo e encontrar um realidade torta, feia e cruel.

Tu, sobretudo, fostes cruel! Fostes cruel comigo e com ela. Há de ter muito sangue frio nas veias, para ser capaz de enganar alguém assim. Para sorrir, mesmo com todas as mentiras na língua. Para negar com os lábios, mesmo com as verdades reveladas nos olhos. Tu, que me rasgou ao meio, como quem rasga um pedaço de papel.

Eu queria nunca ter te deixado chegar perto. Eu queria nunca ter te acreditado. Eu queria nunca ter te encontrado.

Por: Francielle Santos

(Foto: Reprodução / Pinterest)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s