quem sabe

Quem sabe…
Tudo isso seja só outra desventura da vida, um paradoxo complexo demais para entender tão pra já. Uma loucura para curar a própria loucura.

Quem sabe…
Seja só outro verão que se vai como todos os outros que já se foram. Porque é assim que o tempo passa, cada estação no seu devido tempo. E uma precisa ir para outra chegar. É a ordem natural das coisas, não é?

Quem sabe…
A vida esteja passando rápido demais e nós não estamos a dar-lhe a devida atenção. Ou a vida está passando lentamente e essa desculpa de “não tenho tempo” seja só a nosso alvoroço em correr desesperadamente para o amanhã.

Quem sabe…
O amor esteja ai do lado, tão do lado que você não conseguiu ainda percebê-lo, de tanto que buscá la tão longe cavalgando sob um corcel branco (quem me dera, um corcel!)

Quem sabe…
A felicidade esteja aí na sua porta, esperando pacientemente que você a ouça chamando e enfim, abra-lhe a porta, a receba e a deixe ficar.

Por: Francielle Santos

(Foto: Reprodução / Pinterest)

Um comentário em “quem sabe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s