eu só quero os seus dedos entrelaçados aos meus

Coloque a sua mão sobre a minha, diga que não mais estarei assim tão só hoje, que não importa o que aconteça você estará por perto, esteja aqui apesar de tudo..

Eu sei que a vida é estranha na maioria das vezes. Sei que as nossas escolhas nem sempre são compatíveis. Sei que a nossa cultura é extremamente distante uma da outra. Sei que não faz sentido, quase nunca eu e você faz sentido e cá entre nós, tudo bem… está tudo bem a gente não fazer sentido algum.

Acredito que sempre foi isso, o não fazer sentido que me provoca, excita e instigou a minha curiosidade. Penso no presente e tudo parece ser certo, além de todas as convergências das nossas vidas. Lembro do passado e sinto um quentinho no peito por nossos caminhos terem se cruzado, assim nas circunstâncias do próprio acaso. Imagino o futuro e temo. Temo por mim e por ti. Temo pois sei que nossos projetos não se complementam. Temo pois sei que estar junto hoje, significa alimentar nossos sentimentos para um inevitável fim e é exatamente nesse ponto que todas as razões do presente se perdem completamente.

Contudo, no fim, eu só quero os seus dedos entrelaçados aos meus, os meus braços entre os seus braços, meu corpo sob o seu corpo muito além de tudo isso.

Talvez não haja justiça nessa minha forma de te querer pra mim. Parece um tanto quanto egoísta te querer hoje, sem garantir-te o futuro. Parece loucura demais querer estar junto e já intentar separar-me. Eu sei, não há lógica, racionalidade. No entanto, a gente um dia seguiu a lógica ou a racionalidade?

Eu só quero as suas mãos sob as minhas. Eu sei que te pedir para ser meu assim sob nenhuma regra, sem datar acontecimentos, sem rotular a relação, sem conceituar qualquer sentimento envolvido entre nós, é um pedido desafiador demais para aceitar. E sim, eu entendo que estou a pedir-te muito. Sei que talvez, só por suas mãos sob a minha agora, pode ser muito pouco para ti, eu no fundo sei que não é o bastante, mas eu acredito que a honestidade é mais importante do que qualquer força de querer estar junto. Por isso, deixo minha sinceridade: as minhas mãos anseiam o calor das suas, mas as minhas asas me levarão para longe em breve e isso também é inevitável.
Sem aceitar, me aceita? Eu insisto, só quero as suas mãos segurando as minhas.

Quanto a mim, a ti:

Prometo amar te hoje mais que ontem e menos que amanhã.
Prometo estar aqui em todas as ocasiões em que só eu e você seja necessário.
Prometo ficar o tempo determinado, mas peço-te que prometa deixar me ir, quando chegar a hora.
Fique hoje e eu ficarei também.

Por: Francielle Santos

(Foto: Reprodução / Wattpad)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s