um sonho de escritor


Cuidado, para não ir longe de menos.

Autor desconhecido


Existem partes de nós que simplesmente nos tornam quem somos. Eu sequer me lembro de quando comecei a escrever, mas sei que faz muito, muito tempo e está é também parte de quem eu sou e talvez, seja a mais verdadeira e resiliente de todas as outras.

A verdade é que o medo do julgamento sempre vai existir. O medo da rejeição, do que vão pensar, do que podem dizer… e a cada dia que passa o que mais tenho entendido, é que a única coisa que não podemos desistir mesmo é daquilo que é nosso, do jeito que está, ainda que confuso, um pouco desajustado, sem jeito, mas tudo que é teu, tudo que é você.

A escrita é tudo o que tenho de mais sincero. Nas linhas encontro segurança e liberdade de expressão que o mundo lá fora me repreende. Um pouco de amor, de confusão, de loucura e de dor, pois é de tudo isso que somos feitos.

Somos uma pequena loucura, no meio da imensidão de possibilidades do universo.

Agora escrevo dando a cara a tapa. Sem anonimato. Sem nomes fantasias. Sem esconder-me do que me atormenta. Aprendendo a enfrentar os monstros e a trazer a tona a escuridão para a luz.

A vida é tão única e breve para viver atrás das cortinas, esperando, sabe se lá o que acontecer.

Portanto, só faça acontecer. O que tiver de ser vai ser de um jeito ou de outro.

Viva! Viva com todas as tuas emoções e verdades.

Seja com todas as tuas virtudes e fraquezas.

Realize teu sonho. A escrita é o meu.

Por: Francielle Santos

(Foto: Reprodução / Arquivo Pessoal)

2 comentários em “um sonho de escritor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s