eu só queria gritar

Eu só queria GRITAR com toda a minha força que ele não podia ser você!

Eu só queria correr para o mais longe daquele estranho, em direção aos teus braços e te implorar para me ter. Eu só queria desaparecer dessa realidade mórbida, cansada, redundante pra caralho e me revelar na tua cama, perdida entre os teus lençóis, devota aos teus desejos e despidas dos meus anseios.

Eu só queria gritar o mais alto que minhas cordas vocálicas fossem capazes, para dizer ao mundo que o seu espaço não poderia ser de mais ninguém. Que a sua forma era única demais para qualquer um chegar e achar que podia se adequar para caber. Eu só queria berrar que ninguém podia caber como você.

Ninguém está a altura da tua intensidade ao me tirar do sério na cama ou fazer a minha barriga doer de tanto gargalhar alto, assistindo uma cena do filme de desenho que assistimos um montão de vezes e ainda assim achamos tanta graça. Ninguém me conhece como você ao ponto de prever os meus movimentos e as minhas vontades.

Eu só queria dizer com TODAS AS LETRAS assim, grandão mesmo, para que todos pudessem ler e entender que ninguém me tem como você me tem, ninguém é capaz de tirar o meu sutiã como você faz, ninguém alcança os meus níveis mais difíceis, ninguém me espera como você espera, ninguém me toma como você me toma para si, ninguém me aceita, me tolera como você. Ninguém pode ser como você. Ninguém faz o que faz para me fazer sorrir, ninguém me ama como você me ama, ninguém antes me deixou assim gritando em silêncio, que se não for para ser você, eu não quero que seja com mais ninguém.

Por: Francielle Santos

(Foto: Reprodução / Glamour Paris)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s