esquecer

só resta-me esquecer. esquecer que um dia me apaixonei pelos teus olhos negros entre uma multidão de outros olhos que me cercavam naquela noite. esquecer o instante exato em que eu deixei de acreditar que amor à primeira vista era fantasia. porque eu estava ali ardendo dessa febre que acomete aos apaixonados.

te amei à primeira vista. te amei à primeira palavra. te amei ao primeiro riso – e que riso malandro foi aquele o teu. te amei ao primeiro toque. te amei como se nunca tivesse amado.

tenho que esquecer que um dia me deixei envolver por tua voz e todas as palavras tão bem ensaiadas, precisas, certeiras. hoje, me sinto tão óbvia ou você quem foi muito habilidoso, não sei ao certo. sabias o que dizer para me convencer. sabias o que não dizer para não estragar tudo. sabias como tocar a minha alma com palavras. sabias como contar-me os teus segredos com o passear dos teus dedos pelo meu corpo.

fico horas debaixo do chuveiro quente, pelando e esfregando a pele, tentando apagar as tuas marcas do meu corpo. preciso por sobrevivência esquecer que me deixei descobrir pelo toque forte das tuas mãos. tenho que encontrar uma maneira de limpar o teu cheiro, os riscos, os cortes, os hematomas… silenciar a urgência dos lugares que eu nem sabia que existiam em mim.

procuro entorpecer o meu corpo com outros corpos – uma frívola tentativa de esquecer que eu transbordei no teu corpo. mais, de superar a tua capacidade de fazer-me sentir única. nada me salva de você. nada mais me surpreende como você.

devo esquecer que te escolhi quando tudo dentro e fora dizia que não. esquecer que tive a chance de escapar desse fim e eu ignorei todos os sinais. que eu caminhei por livre e espontânea vontade nessa corda bamba em cima desse precipício. se a nossa história fosse uma navio de piratas: eu mesma me fiz andar pela prancha e agora, resta-me pular fora e flutuar nesse oceano de incertezas da vida pós você.

você é a saudade mais profunda no meu peito.

Por: Francielle Santos

(Foto: Reprodução / We heart it)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s