saudade de mim

… e a saudade muitas vezes é de mim.

saudade de como me sentia, de como via-me no reflexo do espelho; de como sorria, tinha energia e diferentes ideias. saudade de como me sentia viva e destemida. saudade de sentir a pulsação forte, do calor escorrendo na pele. saudade de quando bastava acreditar que tudo era possível e tudo se fazia possível. saudade de quando amar bastava. sentir era bom. saudade de quando as lágrimas não precisavam de permissão, nem o riso solto de volume controlado. saudade de pintar um papel sulfite inteirinho de azul e me sentir peixe ou às vezes, ser pássaro e só precisar voar e voar. saudade de abraçar sem reservas; de beijar sem pedir licença; de dormir sonhando com as estrelas. saudade de me lambuzar com um sorvete de casquinha mista. saudade de pertencer, de estar em casa.

Por: Francielle Santos

(Foto: Reprodução / Pinterest)

3 comentários em “saudade de mim

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s