O abraço

Foi a forma como me abraçou naquela noite…

Sabemos quando as coisas mudam. Quando o olhar do outro em cima de nós rasga as vestes, lacera a pele e invade algum lugar a dentro. Quando a forma como o outro diz o que precisa dizer ecoa com muitos versos nas entre-linhas e às vezes muito fica por dizer e outras vezes, tudo o que é dito revela mais do que gostaria. Eram pequenos detalhes que estavam causando a mutação na nossa relação, em algo que eu não fazia ideia se daria conta, se estava preparada, se eu suportaria…

Senti tanto medo e tanto afeto na mesma medida que achei que ia desmaiar. Forças queria me afastar de você naquele momento, sumir feito fumaça no ar. Assim, como outras forças queriam agarrar cada instante do que quer que fosse que estava acontecendo entre nós e ver (sentir) até onde poderíamos ir.

Foi o tanto de presença que encontrei naquele abraço… e cada segundo seguinte em que estive coberta pelo calor dos teus braços, sentindo o perfume da tua camisa branca misturado com o teu cheiro, ouvindo a pulsação acelerada do teu coração e a tua respiração ofegante sob os meus cabelos que me trouxe a sensação de casa. Por alguma razão, meu coração chamou teu peito de lar e eu não tive motivos para contestar.

Estava tão perdida a tanto tempo e de repente, entre o instante do antes e do depois daquele teu abraço eu me sentir encontrada. Algo ali, ecoava certeza, por mais que não fizéssemos ideia do que fazer conosco. Acho que eu soube que o teu coração era meu, no instante em que eu quis que o meu coração fosse teu e talvez, ele já fosse completamente teu e o teu completamente meu.

Foi a forma como os teus braços se abriram devagar como se recusassem por si mesmos a me soltar. O jeito que os teus olhos confessaram todas as tuas intenções. Os teus lábios entre abertos que tentavam dizer coisas indizíveis. A febre das tuas mãos a subir pelos meus braços até o meu pescoço. O segundo que pareceu ter parado o relógio do mundo a espera…

… e o mundo, parece que ainda espera por nós.

Por: Francielle Santos

(Foto: Reprodução / Classy Woman)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s