alguém

Alguém que seja o meu sossego, equilíbrio e minha paz; mas que me arrebate, emocione, excite em todas as formas possíveis de amar.

Alguém que possa encontrar o conforto e familiaridade para contar todas as verdades; que ame minha doçura e saiba lidar com minha monstruosidade.

Alguém que tenha a paciência de ouvir todas as palavras sérias e bobas; e também possa compreender do meu silêncio minha necessidade de estar calada.

Alguém que abra a porta do carro e faça viagens comigo; e também, saiba ficar em casa para a pizza das noites de sábado.

Alguém que saiba a hora de me ajudar com a bagagem; mas também respeite os minutos que precisarei levá-la sozinha.

Alguém que me coloque no colo pela minha exaustão; mas saiba que as vezes, só precisará segurar minha mão firme e caminhar ao meu lado.

Alguém que me tire o chão nas noites de quarta; e seja o meu chão nas tardes de domingo.

Alguém que me abrace devagarinho e nos seus braços eu me sinta em casa.

Alguém que me puxe com força, me segure firme e me faça tremer de tesão.

Alguém que transe comigo duas, três vezes por noite; mas que ao menos em um delas faça amor como se fosse a primeira vez.

Por: Francielle Santos

[texto escrito na primavera de 2012]

(Foto: Reprodução / Wattpad)

2 comentários em “alguém

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s