reescrevo-me

por mais que os dias não sejam
fáceis e tudo pareça fenecer,
ela teima com a vida, faz da palavra
guarida, para os dias reescrever.

palavras que aquecem, acolhem
e acendem a fé quando preciso.
que provocam lágrimas, sérias
reflexões e arrancam sorrisos.

ela é do Rio, da areia,
da praia e do mar.
refúgios onde recarrega
as forças, revigora os sentidos
e os chama de lar.

na vida ela se joga, mergulha,
mas não se deixa limitar.
ela não se resigna, não se rebaixa
ou se intimida; nasceu para lutar.

não tente mensurá-la, restringí-la
ou dizer a ela o que quiser.
ela é brisa, tempestade, liberdade
em forma de mulher.

Por: Henrique Vieira

(Colagem: Henrique Vieira / Instagram: Colagens Poéticas)

Ps: Querido Henrique, o quanto eu amei cada verso e cada detalhe não dá pra mensurar. Sou grata por aprender e crescer contigo todos os dias. Sou fã declarada do teu trabalho e receber um presente destes, é como receber uma carga de energia de inspiração e alegria! Com afeto e admiração, Fran.

2 comentários em “reescrevo-me

  1. digo e repito, você é gigante como pessoa e pela arte que faz. qualquer tentativa de traduzir isso ainda é pouco. você é luz! obrigado por tudo e além. e parabéns por deixar o poeta sem palavras! 🥺💛

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s