eu sou um movimento

São os ecos que atravessam as minhas paredes, que sobem, que descem, que seguem em frente e que tornam tudo em mim, passagem. É cada partícula impaciente que tem urgência de vida. São todas as células que contam cada tropeço e cada vitória. São as lágrimas que se recusam a retroceder. São as palavras que não descem mais garganta abaixo, que fazem barulho, que exigem respostas. São as emoções que reverberam as entranhas. São os versos que escrevo que aquietam as lembranças, as saudades, as ambições. São todos os movimentos em direção do ainda, não saber.

Por: Francielle Santos

(Foto: Reprodução / We Heart It)

2 comentários em “eu sou um movimento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s