#35

tenho andado à procura
de sossego
dos risos
dos abraços
de casa

tenho contato os meus segredos para
as paredes do meu quarto
as ruas da cidade cinza
ao vazio das minhas entranhas

nem sempre me encontro
nem sempre te vejo
nem sempre há equilíbrio

raramente eu estou
aqui
ali
contigo

contudo eu ainda sinto
tudo
muito
você

sei que preciso seguir em frente

caminhar, firmemente, pelas vielas das dúvidas
e não olhar pra trás
nadar, constantemente, ainda que falte-me fôlego no meio
e ressurgir na areia

mesmo que eu não faça ideia do que encontrar
na próxima esquina
do outro lado da margem

ainda assim
eu seguirei

por nós
e mais do que tudo
por mim!

Por: Francielle Santos

(Foto: Reprodução / Assimilation Designs)

2 comentários em “#35

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s