TCD – TEXTOS CRUÉIS DEMAIS

Autores: Igor Pires, Letícia Nazareth e Malu Moreira

Designer: Gabriela Barreira

Ano:
TCD – Para Serem Lidos Rapidamente – 2017
TCD – Onde Dorme o Amor – 2019

Gênero: Poesia Brasileira

quando lia Clarice Lispector na minha adolescência e imaginava o quão longe e aturdida ela estava pela ideia do amor, nunca imaginei que em algum momento poderia supor chegar a um estado parecido ou equânimo. acontece que, depois de você, caminho pelas ruas da cidade com todo o medo de alguém saltar meus ombros e me demandar amor.

TCD – Para Serem Lidos Rapidamente – página 107

Primeiramente, confesso que acompanhei o lançamento desses livros pelas redes sociais e apesar de ser encantada pelos textos publicados, negligenciava comprá-los. Perdi as contas de quantas vezes entrei nas livrarias que costumava frequentar, caminhava em direção as prateleiras e eles estavam sempre lá, chamativos, como o farol vermelho, clamando por atenção. Folheava, lia um texto ou dois e devolvia para as prateleiras, como se ainda não fosse a hora para ser invadida ou revelada através daquelas páginas.

O autor Igor é leonino, intenso. Lê-lo é como estar no edifício mais alto da cidade de São Paulo e de lá ouvir em silêncio a urgência e a pressa dos paulistas. Também é sentir o calor, a maresia e a irreverência da cidade do Rio de Janeiro. E que sensação de estar de volta em casa, foi ao encontrar textos nos livros que revelam as dissemelhanças dessas cidades, da qual eu pessoalmente sou formada – paulista de nascença e carioca de alma. Ele, que não se limita a escrever um, dois, três versos, derrama longos textos no Twitter, Instagram que atravessam a gente diariamente.

Igor Pires (Foto: Instagram)

porque o amor dá em pé de árvore.

pois o seu peito é uma macieira no inverno mais gelado do planeta.

porque o amor existe pra te provar que seu sistema não falhou.

TCD – Para Serem Lidos Rapidamente – página 187

Este ano quando vi o lançamento do novo livro, todas as coisas que eu te escreveria se pudesse, fiquei absurdamente atraída pelos poucos detalhes que o autor divulgou – paixão à primeira vista! E pensei: chegou a hora que comprar os livros que antecedem a este! Comprei-o na pré venda e enquanto aguardava a data de lançamento, comprei a trilogia TCD – TEXTOS CRUÉIS DEMAIS: para serem lidos rapidamente; onde dorme o amor; e o fim em doses homeopáticas – e os aguardei, ligeiramente apreensiva.

não sei o que virá.

ser sozinha é um fardo inadiável.

escrever em si para conter o futuro tentando arrancar as tripas, coração também.

TCD – Para Serem Lidos Rapidamente – página 153

Os títulos são por si só uma prévia do que as páginas são capazes de revelar, reverberar em quem lê. E como eu desconfiava, é realmente impecável a maneira como os autores compõe cada verso, descreve cada sentimento, narra cada acontecimento do personagem central (eles, eu, você) que amou, perdeu, doou, feriu, partiu, deixou, cuidou… entre tantas outras formas de sentir e de se entregar à outras pessoas, emoções fortes, intensas, verdadeiras, mas passageiras.

um atrito entre duas pedras e faz-se luz.

os atritos, obrigada por eles.

você me fez acender até onde eu sequer sabia que existia vida em mim.

me fez pegar a matéria-prima ruim e transformá-la em algo bom.

TCD – Onde Dorme O Amor – página 55

Os livros são compostos por crônicas e poesias e entre elas, lanças (frases) que atravessam o peito. Eu li como se tira um curativo, não obedeci a recomendação (para serem lidos rapidamente). Li rápido pra vê se doía menos (devorei em 3 dias). Não doeu menos! Os versos me carregaram para lembranças abandonadas de amores que me deixaram, que eu deixei e sobretudo, ao encontro de uma eu que abandonei em algum canto, por medo de amar de novo.

Parece exagero. Talvez seja!
Mas é mesmo um livro intenso, do perdão, da cura, do amor.
Um livro que atropela feito trem de carga no meio da madrugada.
Um cataclismo!!!

Com admiração
Francielle Santos

(Foto da capa : Reprodução / Instagram – Igor Pires)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s