#67

duas e quarenta e oito
da manhã
subo as escadas
a neblina veste o silêncio da cidade
há paz nas casas
convenço-me
acendo um cigarro
desce uma lágrima
acendo o segundo
seco a mesma lágrima
paralisada
na face que nada mais diz
nada mais sente
nada mais é

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s