1º dia de setenta e cinco dias

… 75 dias.
SETENTA E CINCO DIAS!

Será que darei conta?
Será que consigo manter o ritmo?
Será que estou disposta a abrir mão dos meus caprichos, vícios, pensamentos constantes de procrastinação?
Será?

Não sou dada a desafios. Menos ainda a essas coisas que a gente vê na internet de gente que a gente nunca viu. Mas é o que dizem: tempos de desespero, pedem medidas desesperadas, ou algo assim! Não, eu não estou desesperada, eu acho que é pior… o meu autodiagnostico é: estou exausta! E não é aquele tipo de exaustão física de quem trabalhou o dia inteiro, pegou ônibus lotado, foi para faculdade direto, assistiu as aulas, chego em casa e mal dormiu e já teve que levantar de novo no dia seguinte e no outro e no outro. Ou aquele tipo de exaustão de quem acabou de terminar uma meia maratona ou uma maratona inteira (42km – ainda vou chegar lá!). Ou de quem enfrentou um sábado de faxina, mas aquela faxina grossa, sabe! Não. Eu estou exausta e nem sei de onde vem essa exaustão.

E o que assusta, é você reconhecer que você não sabe de onde vem aquilo que dói, paralisa, desconecta você do tempo presente. Eu que sempre fui muito racional e com um senso definitivo apurado, sempre procurei nomes, frases claras para explicar tudo. E o desespero está aí: quando você procura, procura, procura respostas e não sabe onde elas estão, porque elas são o que são, como elas chegaram e como solucioná-las. E não, isso também não é um vazio, na verdade, isso é o exato oposto do vazio. É sobre estar saturado. É isso, eu só posso estar saturada de coisas que me escapam a mão, os planos, as pessoas, os deadlines, as planilhas, os check list que ao invés de diminuir, só crescem.

Na frente do espelho eu ainda sou jovem, bem jovem. Sequer passei a casa dos trinta! Não tenho marcas de expressão no rosto, não preciso de um quilo de maquiagem para esconder o que quer que seja (O tempo tem sido generoso comigo, isso também é verdade! E ainda bem, porque eu ainda não aprendi sobre maquiagem – mais uma coisa para o check list: fazer um curso de auto make up). Meu corpo ainda está em dia, ainda tenho aquele frescor da juventude perfumando minha estrutura feminina, sensual e forte!

Mas o bastidor não é bem assim. Continuo encarando o reflexo no espelho e não me reconheço. Sei que essa jovem que esta espelhada está em algum canto do lado de dentro. Mas onde? Onde ela foi parar no meio dessa sensação de ter envelhecido uns cinco ou dez anos em um ano? Parece exagero, e talvez seja, mas também é a minha mais pura verdade. E é isso que me assusta ainda mais. Não é sobre maturidade. É sobre não se sentir jovem, dentro de um corpo que ainda está jovem. O ápice do desespero dessa constatação me faz cair de joelhos e suplicar:

Senhor, renova em mim a minha juventude.
Amém!

Por: Francielle Santos

Sobre o desafio:
Em resumo, o desafio foi feito por uma americana e uma moça brasileira viu e resolveu copiar e eu resolvi tentar também, mas fiz adaptações para atender algumas necessidades específicas. O desafio original consiste em 75 dias, caso você quebre em algum deles, deve retomar a contagem. No vídeo ela utiliza posti-it colados na parede enumerando todos os dias, e o mesmo é movido para outra área da parede até que finalize. As regras são:
#1 – alimentação saudável (sugiro que se não pode ir em uma nutricionista, procure informações sobre tipos de alimentação saudável ou retire coisas que você sabe que faz mal da sua rotina alimentar)
#2 – beber a quantidade de água ideal (o calculo é 30ml x o seu peso) = quantidade em ml = converta para litros // eu mantenho uma garrafa de 2l sempre cheia ao alcance das minhas mãos, isso evita que eu esqueça de beber água, ou você pode programar alarmes/lembretes no celular.)
#3 – 30 minutos de exercício físico – a sua escolha
#4 – 10 páginas de leitura de algum livro que não seja ficção
#5 – tirar uma foto diária de si mesmo – para auto avaliação do seu progresso (para quem ama escrever como eu, pode escrever um diário ou criar uma categoria como eu estou fazendo no seu blog e compartilhar os insights, questionamentos e tudo o mais – quem sabe inspirar outras pessoas!)
Uma das coisas que inclui dentre alguns ajustes foi o Detox de redes sociais – coisas que eu faço de tempos em tempos. Sugiro que reflitam sobre essa ideia. O Instagram, tal como Facebook, Tiktok, Twitter e até o Pinterest que parece bem paz e amor, são aplicativos que impactam diretamente nas nossas emoções, comportamentos e geram ansiedades, dentro outros males. Sugiro que assistam as séries no Netflix: Minimalismo; O dilema das redes sociais que explicam melhor sobre redes sociais e os impactos de uma vida cheia de coisas que não precisamos. Não encare esse Detox como algo definitivo, pode até vir a ser, mas por enquanto tenha como apenas um break! Uma pausa! Um tipo de férias do avalanche que é o universo das redes sociais! 🙂

3 comentários em “1º dia de setenta e cinco dias

  1. Bem, eu fiz um detox de redes sociais recentemente e estou conseguindo manter um diário há 117 dias. Minha meta é 500 dias. Ainda falta alimentação saudável, água e exercício físico. É interessante esse desafio, mas acho que o importante é o que está por trás: melhorar a perseverança.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s