A liberdade é uma escolha

Autora: Edith Eva Eger
Ano: 2020
Título Original: The gift
Gênero: Auto Ajuda

Na minha primeira noite em Auschwitz fui forçada a dançar para Josef Mengele, o oficial da SS conhecido como Anjo da Morte. “Dance para mim”. ele ordenou. Relembrando o conselho dado por minha mãe – Ninguém pode tirar de você o que você colocar na sua mente -, fechei os olhos e me transportei para um mundo interior. Na minha imaginação, eu não era mais a prisioneira morta de frio e de fome e arrasada pela perda. Eu estava no palco da Ópera de Budapeste interpretando a Julieta do balé de Tchaikovsky.

Edith Eva Eger

Edith Eva Eger é psicóloga reconhecida e sobrevivente do Holocausto. Ela trabalhou com veteranos de guerra, militares e vítimas de traumas físicos e mentais. Mora em La Jolla, Califórnia. É autora do premiado A bailarina de Auschtwitz, onde ela conta em detalhes como sobreviveu a tanto sofrimento e perdas no período do Holocausto. Já neste livro A liberdade é uma escolha, ela conta sobre a percepção de suas experiências e de seus pacientes com o propósito de ajudar com exercícios práticos a como se libertar das amarras internas.

Edith Eva Eger (Foto: Reprodução / Amazon)

A autora diz que aprendeu a viver no extermínio e a reuni forças para dançar pela própria vida. Com generosidade e relatos reais, ela convence-nos que é possível ser livre da prisões mentais: da vitimização, da autonegligência, dos segredos, da culpa e da vergonha, do luto não resolvido, da rigidez, do ressentimento, do medo paralisante, do julgamento, da desesperança, de não perdoar. Afirma que, muito do nosso sofrimento deriva da ideia equivocada de que não podemos ser amados e autênticos – que, se quisermos ser aceitos e aprovados pelos outros, temos que negar ou esconder o nosso verdadeiro eu.

Mesmo depois de setenta e cinto anos após a libertação, ela ainda tem pesadelos e flashbacks. O horror ainda está nela e ela sabe que não existe liberdade em minimizar o que aconteceu, nem em tentar esquecer o que viveu. Contudo, continuar presa à culpa, à vergonha, à raiva, ao ressentimento ou ao medo do passado é bem diferente de relembrar e reconhecer.

Meus anos de introspecção, de solidão e de muito esforço como aluna do balé e de ginástica me ajudaram a sobreviver ao inferno.
E o inferno me ensinou a continuar dançando pela minha vida.

Edith Eva Eger

Todo mundo tem a possibilidade de escolher ser livre. A única prisão que nos impede de mudar comportamentos, percepções e hábitos está dentro de nós. E a chave dela também. Muitas vezes, justificamos por a mais b o porque disso ou porque daquilo. O porque permanecemos exatamente da mesma forma, no mesmo lugar, com as mesmas mágoas, quando na verdade não estamos sequer dispostos a olhar para isso – seja o que for isso.

Este é um livro que desmascara algumas faces de nós. Não é sobre quem sofreu mais ou menos. Qual caos pior do que o do outro. O que Edith apresenta em seu livro, é que para todas esses cadeados que nos prendem ao fundo do poço do calvário pessoal, há uma chave dentro de nós pronta para ser usada.

A liberdade exige esperança.

Edith Eva Eger

É sempre mais fácil ficar em posição fetal, encolhido, esperando que alguém nos pegue no colo e dê um jeito na bagunça. Mas o que aprendemos aqui é que precisamos reagir. Reagir dentro de nós. Buscar entender os gatilhos por trás das nossas prisões internas e resolvê-los. Assumir nossas verdades – e consequentemente – assumir o nosso verdadeiro eu. Os seus ensinamentos e insights oferecem uma oportunidade de decidir o tipo de vida que você quer ter, descobrir o potencial inexplorado que reside nas sombras e revelar e resgatar quem você realmente é.

Por: Francielle Santos

(Foto: Amazon)

Interessados podem comprar o livro aqui

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s