lugares

existem lugares que nunca mais serão povoados.
sinto um tanto de conforto nisso
nem todos os buracos se fecharão
nem todos as lacunas serão preenchidas
e talvez, a vida tenha que ser assim:
sempre com um pedaço a faltar
para continuarmos procurando por mais
e nunca nos resignarmos.

existem lugares que não cabe qualquer um
não encaixa qualquer peça 
não convence qualquer argumento
e deve ser assim, e que bom que é assim! 
se não for eu por ter o mínimo de critério 
com aquilo que me invade, quem terá?
se não for eu por reconhecer aquilo 
o que me cabe, quem reconhecerá?  

existem lugares aqui completamente desconhecidos
lugares nunca antes visitados
lugares nunca ainda tocados
mesmo por mim. 
e talvez, conhecer-se é: 
gatinhar cada cômodo por vez 
descamar cada camada por vez,
ainda que sola

existem lugares que só você alcança 
cada ruga desenhada pelo riso dela 
cada curva do corpo inteiro dela 
há lugares que só o amor atravessa
só amando-a navega-se tais oceanos
só mergulhando inteiro nela
pode-se estar, ligeiramente, saciado
inundado. 

Por: Francielle Santos

(Foto: Wattpad)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s