44º dia – em outra vida, eu fui sereia

— Se eu não acreditasse em Deus, eu diria, que em outra vida, eu fui sereia! – eu disse para minha amiga, enquanto caminhávamos na areia nesta segunda. Depois de três dias de eventos que fizemos (um casamento que me marcou em todos os detalhes possíveis), só quando os meus pés descalços sentiram a areia molhada e água fria, foi que eu senti como se minha vida estivesse mesmo voltando para o eixo. Não só por estar em casa (mar), mas por tudo o que eu tenho me permitido viver, fazer, reescrever.

É como se as palavras dos diversos capítulos abandonados pela metade, estivessem sendo escritas e concluindo pedaços de mim. É como se o quebra cabeça dos meus dias que ficaram lá atrás, estivessem se encontrando.

E como tenho estado feliz!
E como eu tenho me sentido viva!
Inteira! Útil! Realizada!

Sim, ainda há muitas e muitas coisas para colocar no lugar, mas o tanto de coisas que já reorganizei me ascende
para a vida que eu sempre quis,
para a vida que é para ser minha!

(Foto: arquivo pessoal / Ilha Bela)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s