se escrevo de amor, escrevo você

se escrevo de amor, escrevo você

há semanas que eu não conseguia sequer segurar um lápis em frente de uma folha branca. encarava o tracinho piscando na tela do notebook, do celular e não consegui digitar nada. estava engasgada, abarrotada de lembranças tuas, que foram resurgindo dos jeitos mais absurdos possíveis, nas pessoas mais improváveis. me senti apavorada nos dias em [...]

um ano que reescrevo me ou tento não desistir

um ano que reescrevo me ou tento não desistir

... eu não lembro quando escrevi a primeira frase, primeiro verso, parágrafo, texto inteiro que carregaram pedaços do meu coração. sequer tenho os cadernos da escola da minha infância e faculdade, onde, entre um exercício e outro, uma pequena pixação nas últimas folhas e nas capas era um respiro. quase não tenho memória das questões [...]

as nossas etc

as nossas etc

Limpava a estante de livros, quando o teu abraço me apertou por traz como nos velhos tempos. Ah, os velhos tempos! O brilho dos teus olhos, cativando o meu sorriso, enquanto me encarava através dos espelhos. Ah, se os espelhos dessa casa contassem sobre nós! ... são as lembranças da sua presença calorosa que ainda [...]

três mulheres

três mulheres

Não falta muito para virar a minha estação! E eu que sempre negligenciei essa data, nunca falei tanto dela o tempo todo. Estou apavorada e impressionantemente serena, se é que é possível ser tempestade e calmaria ao mesmo tempo. Tenho pensado muito na minha avó materna. Esses dias tentei escrever um texto sobre ela, mas [...]

o teu mar

o teu mar

Penso em te escrever quase todos os dias. Penso em dizer as coisas que ficam sempre entaladas de uma forma que me impede de seguir em frente. Há sempre muito para dizer, mas poucas formas de expressar. Sinto que estou perdendo a capacidade de expor os meus pensamentos como antes. Ou eu esteja me tornando [...]

vontades

vontades

tenho vontade de te procurar, de te ver, de saber como você está, o que anda fazendo. tenho vontade de te ligar pra te contar sobre os meus dias, desabafar sobre as minhas confusões, sobre os problemas. tenho vontade de ouvir tua voz, de ouvir teu riso, de chorar de rir das tuas piadas. tenho [...]

Caixa Postal 001

Caixa Postal 001

Querida (o) Clarice LispectorPedro ChagasVirginia WoolfJane AustenCarlos DrummondFernando PessoaCecília MeirellesRubem BragaPedro BandeiraAntonio PradaPaulo LeminskiMarco LucchesiJúlio CortázarNicholas SparksElizabeth Gilbert quando se está vazio, escreve-se sobre o que ? com admiração e desassossego Francielle Santos (Foto: Aphoxtic)

ainda te quero bem

ainda te quero bem

"ei, como você está?" (digito infinitas vezes e apago em horas aleatórias do meu dia) nunca pensei que chegaria o dia que eu não teria mais razão para te enviar uma mensagem de texto que fosse. também, me recusei a prever que seríamos capazes de nos ferir como nos ferimos. nós sequer fomos capazes de [...]

cicatrizes

cicatrizes

[ela] era só uma menina... não importa quantas respostas eu busque na minha mente, eu nunca vou saber o porquê tinha que ser assim. não importa quanto tempo passe, o passado nunca vai deixar de ser o que foi. não importa quantas camadas de pele eu rasgue em mim, há cicatrizes que são inalcançáveis. não [...]

eu não sei amar

eu não sei amar

você me faz bem de um jeito diferente. você está presente apesar da distância geográfica. você ficou, mesmo quando tinha todos os motivos para ir. e eu te decepciono dia após dia! consciente, tento não ser esse modo automático que afasta as pessoas, por medo de perdê-las mais a frente. tenho medo da dor que [...]