o querer

o querer

... eu precisei ter forças para desistir. Tanto quanto você teve impulso para sair daqui. É escolha! Todos dirão que foi uma escolha. A sua de partir. A minha de resistir apesar dos espinhos ferindo tudo por dentro. Nunca foi sobre amor. Sempre foi sobre vontade de fazer dá certo. Se entendêssemos logo que não [...]

se puder, reescreva-me

se puder, reescreva-me

...é, eu bem sei, faz tanto, tanto tempo! Tão longo lapso que deixamos-nos assim, tão de lado. Tão em segundo plano. Tão quando desse, quando fosse apropriado, quiçá, que fosse merecido. Tolice! Penso, inclusive, que é uma bela de uma desculpa frouxa! E toda desculpa é uma tremenda de uma covardia. Sim, temos sido covardes. [...]

A tal da solidão

A tal da solidão

O meu coração finalmente está completamente desabitado. Não há mais saudade. Não há mais esperas. Não há mais aquela ansiedade por uma notificação na tela do celular. Já não há nada que afete a trilha sonora nas playlist do meu Spotify. Já não há nenhum motivo de alegria ou de desapontamento que me faça querer [...]

o beijo

o beijo

Os verdadeiros encontros são aqueles em que as almas se reconhecem de alguma forma inexplicável. E era essa a certeza que ela tinha no peito ao entrar naquele carro, dirigir tarde da noite mais de 433km, bater na porta desesperadamente daquele ainda desconhecido, só para concretizar o que por noites longas a fio foi prometido. [...]

#82

meia-noite primeiro de janeirode dois mil e dois e contanto contandocontando ainda ontem estávamos na praiapezinhos enfiados na areiaeu e meu irmão no meio da multidão de adultoserámos tão mais tão felizes, mesmo que não entendêssemos nada.então o céu iluminado - branco, azul, verde, vermelho e douradoe banho de espumante baratoabraços longos e apertadoslágrimas, risos, [...]

no fim

no fim

em dois mil e vinte e um, eu perdi muita gentede todos os tipospor mil e uma razões diferentesde vários lugares de dentro e de vários lugares de fora do meu coração sorri, não muito chorei, só quando a dor foi dilacerante a tal ponto que chorar foi a única maneira de respirar vi gente [...]