o querer

o querer

... eu precisei ter forças para desistir. Tanto quanto você teve impulso para sair daqui. É escolha! Todos dirão que foi uma escolha. A sua de partir. A minha de resistir apesar dos espinhos ferindo tudo por dentro. Nunca foi sobre amor. Sempre foi sobre vontade de fazer dá certo. Se entendêssemos logo que não [...]

se puder, reescreva-me

se puder, reescreva-me

...é, eu bem sei, faz tanto, tanto tempo! Tão longo lapso que deixamos-nos assim, tão de lado. Tão em segundo plano. Tão quando desse, quando fosse apropriado, quiçá, que fosse merecido. Tolice! Penso, inclusive, que é uma bela de uma desculpa frouxa! E toda desculpa é uma tremenda de uma covardia. Sim, temos sido covardes. [...]

as tuas miudezas

as tuas miudezas

as veias sobressaltas das tuas mãos os caminhos profundos da tua cintura os pelos loiros do teu peito a força dos teus braços e coxasos teus olhos cor do mar de Copacabanao seu nariz ligeiramente arrebitado o teu cheiro ... a tua barba sempre por fazer e a arranhar a maneira como as pontos dos [...]

Vaquinha solidária para reconstruir a casa da Cris

Vaquinha solidária para reconstruir a casa da Cris

Oi queridos leitores,Este post é especial, porque eu raramente posto aqui algo além da minha arte em crônicas e poesias e experiências culturais. Há 54 dia eu postei aqui a história da Cris. O incêndio que aconteceu ao lado da minha casa e em questão de minutos consumiu quase 100% dos bens da minha vizinha [...]

Eu não soube te amar

Eu não soube te amar

Eu não soube te amar. E eu teria como saber a te amar (assim de cara, sem equivocar-me nas suas preferências, sem cometer enganos, erros pequenos e erros grandes, ficar sem jeito, gaguejar, tatear antes de segurar firme, não recuar antes de ficar com ou sem certezas) sem antes amar propriamente amando-te? Desde o dia [...]