Poesias

Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece, como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento.

Clarice Lispector

#32

as águas de março desaguaram escorreram fluíram molharam e cá estou eu (outra vez!) procurando respostas razão sentido para continuar

#31

eu tento juntar os cacos eles me ferem eu tento esconder as feridas o sangue mancha as minhas vestes eu tento silenciar o meu grito e ele derrama através dos meus olhos

#30

procuro o teu aroma nos cheiros salivo o teu gosto nos sabores  ambiciono o calor do teu peito, no gélido travesseiro. amo-te, ainda que tudo  já não te percebo como antes careço-te, porque tudo ainda és. agarro-me nas certezas de quem somos para não te perder no que ainda não somos.  a tua vida está […]

#29

a vida sem você dói-me até nos ossos! não ter mais a certeza de que vais chegar é o meu desamparo na vida. (saudade dos teus beijos todos, em todo lugar de mim) as tuas lembranças são a desesperança dos espaços tornarem a ser preenchidos. (saudade do eco das tuas risadas dentro deste quarto) humilhas-me […]

#26

tudo o que eu faço é entregar-me. tudo o que tu fazes é consumir-me. isso, não basta para continuar.

#25

vem cá! desequilibras-me encantas-me permitas-me cativar realiza as fantasias todas olhas-me destemidamente segura-me abraças-me convences-me e navega mergulha afoga-te em mim.

#24

ela só queria sair a francesa com a mala carregada só das boas lembranças (da menina doce, do pai zeloso, da mãe cuidadosa, do irmão sorridente). sair de fininho … sem muito alvoroço sem gritos nem bramidos sem os assombrosos questionamentos. sair sem medo, talvez, para um rumo incerto mas feliz.

#22

acaricio as teclas desse teclado tentando caminho, em busca de mudanças.  já não espero o amor passar já não espero o dia mudar já não espero, apenas resisto. hei de confessar, que há um certo charme na espera e também na resistência. ainda ontem, eu abraçava o meu pai, beijava a minha mãe, passeava com […]

#21

parece não haver mais lugar no mundo pra mim não me encontro não te acho parece não haver mais lugar no mundo pra mim sinto dor não me esqueço parece não haver mais lugar no mundo pra mim talvez, eu ainda seja pequena e mesmo assim tudo me aperta parece não haver mais lugar no […]

#20

quando penso que nunca mais tu vens e me acontece quando desisto do amor tu vens e me cativa quando provo que não te mereço tu vens e amas-me! Por: Francielle Santos

#19

o que é estar triste? o que é essa coisa que parece apertar o coração da gente como se fosse fazê-lo desaparecer? o que é essa decepção que nos assola? esse olhar frio que nos fere? o que é que sobra? já não sei se amei já não sei se fui amada, querida, admirada já […]

#18

cuidado com a tristeza ela se faz de melhor amiga ela acolhe, aconselha ela fica, atravessa o peito e se instala ela se acomoda como um bicho parasita ela o domina, ela se apropria ela se torna você.

Carregando…

Ocorreu um erro. Atualize a página e/ou tente novamente.


Siga meu blog

Receba novos conteúdos na sua caixa de entrada.