Dicotomia

Dicotomia

Você não tinha nada do que eu queria. E eu te queria como se nada mais eu precisasse. Eu tinha tudo arquitetado. Não vinha de uma criação de arquitetos ou planejadores, aliás, longe disso. Meus pais tinham ficado juntos assim sem querer, na medida que a vida vai acontecendo e coisas inesperadas vão surgindo e [...]

#40

#40

a onda alta que me arrasta para a imensidãoa insistência no meu eu arredioo sol carioca que amorena a minha pele paulistaa estrada que me leva pra casao reflexo do qual não me escondoa aceitação das minhas marcasa presença que vence todos os dias a distânciaas cócegas na espinha dorsalas risadas descontroladaso amarelo que pinta [...]

ser impossível

ser impossível

Eu sei o que sou. E o que eu sou, te fascina, te arrasta para as minhas profundezas, te embriaga, te afunda. Também sei o que eu não sou e quem esperei que eu me tornasse. Mas são as minhas lacunas, as minhas rachaduras, as minhas impurezas que te trouxeram, que te fazem ficar - [...]

Alegações:

Alegações:

Quero que você entenda que nada é ameno, pequeno, insignificante.Que tudo tem sim, importância e relevância.Que nada é por acaso. Que você impacta cada instante novo de vida que tem chegado até mim. Que tudo o que você confessa estremece as colunas alicerçadas por anos, como os terremotos aos edifícios na China. Que por vezes [...]

por nós

por nós

eu seguirei onde isso me levar Mesmo com a incerteza daquilo que não temos, que não somos, mas por tudo o que creio em nós. Pelas nossas ambições e expectativas da vida tranquila e quem sabe, lado a lado. Pelo o que ainda não vivemos e tudo o porquê vivemos e que nos construiu. Pela [...]

Now and Forever

Now and Forever

Now I can rest my worries and always be sure, that I won't be alone anymore...Boyce Avenue Eu resisti para escrever sobre você, porque eu tenho medo do que as palavras podem registrar nesse mundo, tão cedo, sobre nós. Nesse mundo onde tudo é um caos, tudo é duvidoso, tudo é incerto. Nesse mesmo mundo, [...]

as nossas etc

as nossas etc

Limpava a estante de livros, quando o teu abraço me apertou por traz como nos velhos tempos. Ah, os velhos tempos! O brilho dos teus olhos, cativando o meu sorriso, enquanto me encarava através dos espelhos. Ah, se os espelhos dessa casa contassem sobre nós! ... são as lembranças da sua presença calorosa que ainda [...]

o teu mar

o teu mar

Penso em te escrever quase todos os dias. Penso em dizer as coisas que ficam sempre entaladas de uma forma que me impede de seguir em frente. Há sempre muito para dizer, mas poucas formas de expressar. Sinto que estou perdendo a capacidade de expor os meus pensamentos como antes. Ou eu esteja me tornando [...]

eu era a tua mulher

eu era a tua mulher

eu era a tua mulher, e era justamente você quem gostava de dizer isso em alto e bom tom para as paredes ouvir e baixinho, ao pé do meu ouvido... e eu era mesmo! eu queria ser. eu fazia de tudo para ser. eu me entregava inteirinha para ser. quando entrei no taxi naquela noite, [...]