te vejo

te vejo

Te vejo e já não me afeta. Te ouço e já não me afeta. Sinto o teu perfume e já não me afeta. Te leio e já não me afeta. Te lembro e já não me afeta. Te sinto (vez ou outra), mas já não me afeta. Te quero bem, e é exatamente por isso [...]

#68

na tela, notificaçõesoperadora do celularbancogrupos do WhatsAppprevisão para o dia vai ter Solsilêncio nenhuma ligação perdidae-mailstrabalhotrabalhopromoçãotrabalhosilêncio faço um chá ignoro os pensamentos de urgênciasrespondo um ou outro prioridades ignoro os ecos da ausênciame concentro no barulho de forasilêncio. Por: Francielle Santos

sufoco

sufoco

não escrevi mais sobre você sufoquei tudotudo o que tinhas sidotudo o que eu esperei que fossetudo o que ainda era dentro de mim sufoquei as tuas mentirasas tuas verdadesas tuas promessasas tuas moedas de troca sufoquei os meus desejos que só você poderia dar contaos sonhos que só contigo fazia sentido sonharos planos que [...]

#66

foi numa tarde sem sol sem chuvasem pressasem nuvem e a tão estimada e grandiosa metrópole de São Paulosequer se parecia com ela mesma. ela também não parecia ser elaa olhar por aquele quadrado de janela antigano quarto que também parecia relíquia para um começo de vida que sequer fazia sentido. e mais uma vezpela [...]

eu me perdi

eu me perdi

Tenho pensado muito neles, aqueles autores que foram e continuam sendo atemporais, que escreveram coisas que ainda fazem sentido, que são capazes de explicar outras coisas que eles sequer viram, conheceram. Tenho pensado sobre essa vontade de escrever coisas que sejam como tais. Talvez eu nunca tenha me dado conta do quão ambiciosa e pretenciosa [...]

#65

juntei os meus pedaços reuniu forças do mais profundo que eu tinha sidonão esqueci nada não deixei de sentir tudoreorganizeime reescrevi te reescrever,foi a única maneira de continuar existindo sem ti.

the appointment

the appointment

. . . é preciso descobrir uma maneira de seguir sem continuar te revisitando na memória, sem continuar te tateando como quem caminha por cômodos escuros e tem medo de tropeçar, tem medo de cair. É preciso encontrar um caminho no meio, um caminho que não me arraste para trás onde você esteve, tão pouco [...]

Antídoto

Antídoto

Ocupei os teus vazios com outros amores só para me sentir viva de novo, mesmo sabendo que a única vida que ardia em mim era a sua vida pulsando na minha. Morria a cada orgasmo que não o teu, que não contigo, só para não me petrificar pelos dias que você já nada mais era [...]

thoughts

thoughts

e se os dias tivessem mais horas, se os e-mails pudessem ser como passagens para outra dimensão, para o lado daíonde você está e eu ainda não te vejonão te sintonão te toco. e se houvesse vinho tintomúsica, violão, brigadeiroe se escrevêssemos poesias, cançõesem máquinas antigas ou à lápis, em papel mache. e se não fossemos tão distantes tão jovens perdidos entre [...]