Em cada esquina

Em cada esquina

Quantos sins tem os meus nãos? Lembra da gente no começo? Era engraçado como as coisas fluíam como se sempre estivessem existidos para estar naquele exato balanço, no embalo daqueles dias. Os nossos dias, que por mais inconsistentes que pudessem ser, ainda assim eram nossos - todos nossos. Estávamos ali, um pelo o outro no [...]

te reencontro nas linhas

te reencontro nas linhas

te reencontro no meus escritos, mas não te procuro mais. te procurar, seria reconhecer que eu estava errada sobre mim, sobre nós, sobre tudo. reconhecer que eu talvez amasse mesmo você. reconhecer que eu acreditava mesmo no seu amor. reconhecer que ao dizer adeus, estava implorando: salva-me de mim! dizem por aí, que os escritores [...]

aqueles dias

aqueles dias

Engano-me todas as vezes que alguém pergunta como estou sem você e eu respondo, cinicamente, que eu sequer lembro dos teus traços, do teu cheiro, da pressão da tua força na minha carne. É verdade que me esforço e muito, na tentativa falha de escapar de qualquer chiado de pensamento que se refira a ti. [...]

ruínas

ruínas

Eu vi. Eu vi o exato minuto que a linha fina se rompeu em nós. Eu senti cada uma das minha convicções desmoronarem como um prédio de vinte andares desmorona quando os alicerces não aguentam mais. Eu nos vi ceder, nos vi ruína quando toda aquela poeira abaixou. Eu nos vi quando nada mais podíamos [...]

#60

atravessadassão as tuas palavras não ditas no meio dos meus versos tortose insignificantes, são os teus feitos no escoar daqueles dias despovoados armários, cômodos, garagem, sobrenome, eu atravessadapor você.

Amor, é escolha

Amor, é escolha

Se me contasse eu não acreditaria, mas eu vi. Eu vi o seu grande dia. E não, não era eu de branco... nunca fui eu o seu caminho. O duro foi encarar os meus olhos acinzentados no espelho do banheiro... do banheiro em que tantas vezes rimos, nos abraçamos, escovei o meu cabelo molhado, só [...]

Os nossos não feitos

Os nossos não feitos

Há coisas que eu nunca vou saber explicar.Porque eu não fiquei.Porque eu não te assumi.Porque eu não lutei por nós.Há coisas, que palavra alguma vai justificar o porque de sermos idas e vindas, de sermos quase... Houve um tempo que te chamei de calor nos meus dias frios. Houve um tempo que te chamei de [...]