um ano que reescrevo me ou tento não desistir

um ano que reescrevo me ou tento não desistir

... eu não lembro quando escrevi a primeira frase, primeiro verso, parágrafo, texto inteiro que carregaram pedaços do meu coração. sequer tenho os cadernos da escola da minha infância e faculdade, onde, entre um exercício e outro, uma pequena pixação nas últimas folhas e nas capas era um respiro. quase não tenho memória das questões [...]

Caixa Postal 001

Caixa Postal 001

Querida (o) Clarice LispectorPedro ChagasVirginia WoolfJane AustenCarlos DrummondFernando PessoaCecília MeirellesRubem BragaPedro BandeiraAntonio PradaPaulo LeminskiMarco LucchesiJúlio CortázarNicholas SparksElizabeth Gilbert quando se está vazio, escreve-se sobre o que ? com admiração e desassossego Francielle Santos (Foto: Aphoxtic)

Fênix

Fênix

A gente precisa estar pronto para perder tudo, e mesmo assim, recomeçar. A gente precisa estar pronto para voltar, e mesmo assim, não desistir de voar. A gente precisa estar pronto para calar, e mesmo assim, não ignorar as nossas duras razões no peito. A gente precisa estar pronto para recuar, e mesmo assim, não [...]

quantos fins terei de atravessar para silenciar o fim?

quantos fins terei de atravessar para silenciar o fim?

não há palavras. nunca haverá palavras suficientes para explicar as coisas que são indizíveis. coisas que estão embargadas entre o pulmão e a linguá. transpiro um tipo de ressentimento. o meu organismo está completamente intolerante à tudo isso. mesmo que me esforce com todo o meu querer, sou incapaz de evitar o desapontamento de quem [...]

quando …

quando …

quando o amor não basta quando o afeto falha quando a generosidade titubeia quando a capacidade de perdoar não existe quando a tolerância é invisível quando a conquista é insustentável quando a esperança se desvanece quando o chão te falta quando o céu está sempre escuro quando a coragem retrocede quando o caminhar vacila quando [...]

saudade de mim

saudade de mim

... e a saudade muitas vezes é de mim. saudade de como me sentia, de como via-me no reflexo do espelho; de como sorria, tinha energia e diferentes ideias. saudade de como me sentia viva e destemida. saudade de sentir a pulsação forte, do calor escorrendo na pele. saudade de quando bastava acreditar que tudo [...]

questionamentos

questionamentos

Quando nada mais é, o que eu sou? Quando tudo finda-se, o que sobra ? Quando nada mais sinto, em quem me torno? Quando tudo dói, como resisto? Quando nada acontece, como supero? Quando as saudades apertam-me, como escapo entre os dedos? Quando o amor não basta, como respiro? Quando tudo são questionamentos, onde encontro-me? [...]

chuva

chuva

estive dias incontáveis sem falar. sem conseguir escrever coisas indizíveis. me senti abandonada pelos meus discursos todos. tudo o que tinha me sobrado (palavras) pareciam fugir de mim. se perder dentro da imensidão da minha dor. letra a letra afogando-se no oceano de lágrimas. as lágrimas que também não vinham. não se permitiam sair. dias [...]

alguém

alguém

um dia... haverá alguém que vai olhar para a pior das tuas faces e não vai desviar o olhar (nem por um segundo). alguém que será capaz de encarar as tuas rachaduras todas e não ignorar nenhuma delas. alguém que vai continuar enxergando e amando você através da tua monstruosidade em regeneração. alguém que vai [...]

caminho

caminho

sigo na estrada à frente. tenho vontade chorar, mas não choro. carece-me lágrimas. tudo o que sobrou, não pesa como antes, mesmo tornando pesada a vida que espera-me a passos curtos. não sei mais o que será. seja o que for, vai ser, eu querendo ou não. aprendi ou aceitei ou ambos, finalmente. me decepciona [...]

de repente 15

de repente 15

A inquietação, às urgências. A sensação de rebeldia. Atitudes e decisões sem a menor noção de responsabilidade. A vontade absurda de fazer imbecilidades, de subir pelas paredes todas. Crateras, digo, espinhas dolorosas aleatórias que nunca tive nascendo na minha pele (graças a Deus, que pelo menos são nas costas). Meu Deus, eu-estou-adolescendo, aborrecendo, enlouquecendo… A [...]