vontades

vontades

tenho vontade de te procurar, de te ver, de saber como você está, o que anda fazendo. tenho vontade de te ligar pra te contar sobre os meus dias, desabafar sobre as minhas confusões, sobre os problemas. tenho vontade de ouvir tua voz, de ouvir teu riso, de chorar de rir das tuas piadas. tenho [...]

o frio da vida

o frio da vida

... estava encarando aqueles olhos castanhos escuro no reflexo do espelho, os olhos meus. procurava respostas, entendimento, amor e te ouvi. sabia que tua voz ainda faz eco na minha cabeça? fechei os olhos para te ouvir melhor. hábito. saudade. amor. tanto faz. contornei o meu corpo com os meus braços e sonhei com o [...]

#29

#29

a vida sem você dói-me até nos ossos! não ter mais a certeza de que vais chegar é o meu desamparo na vida. (saudade dos teus beijos todos, em todo lugar de mim) as tuas lembranças são a desesperança dos espaços tornarem a ser preenchidos. (saudade do eco das tuas risadas dentro deste quarto) humilhas-me [...]

o meu chão

o meu chão

eu fiz de ti um lugar seguro para caminhar. um tipo de chão, de firmamento, de abrigo. eu, justamente eu, que tanto assegurei independência, solitude, liberdade, tornei-te minha fonte de força, segurança, guarida. tem gente que chega e modifica os critérios, sem querer. tem gente que reorganiza as prioridades, sem perceber. tem gente que se [...]

a tua sombra

a tua sombra

... você, que partiu mas deixou-se nos movimentos distraídos, nas manias, nos prazeres descobertos a pouco, no deixar a porta do quarto entreaberta ("é questão de segurança", me convencias), no deleite de comer comida japonesa e ainda não saber segurar os palitinhos, no deitar no sofá para o jogo de quarta (e que eu continuo [...]

tu, que nunca mais veio

tu, que nunca mais veio

Tu, que visitas-me sem pedir licença alguma. Como chuva de verão, as lembranças de nós me encharcam madrugadas a fio. Basta um descontentamento, um desfavor, um descuido bobo e você chega. Você e tudo que eu senti por você. Por vezes, tu és o mal que alimenta a minha insônia. Outras vezes, tu és o [...]