você me ouve?

você me ouve?

Faço queixas da tua incompreensão na sala do meu terapeuta. Ele me aguarda com aquele olhar sereno e paciente por mais devaneios ou conclusões, enquanto eu escondo o meu olhar triste e decepcionado nas folhas da árvore em frente a janela grande de vidro do consultório e que alcança até o quarto andar do prédio. [...]

perdoa-me

perdoa-me

Perdoa-me, por todas as vezes em que convencida pelas minhas urgências e ambições, eu segui em frente, sabendo que eu tinha que recuar. Perdoa-me, por todas as vezes em que tomada pelos medos, incertezas, covardia, recuei, quando deveria ter seguindo em frente. Quereria eu ter ido mais além. Tornado-me em quem acreditei que seria. Ter [...]

do outro lado

do outro lado

Estranho é pensar que o bairro das Laranjeiras satisfeito sorri, quando chego ali All Star - Nando Reis Eu sempre estive pronta para partir. Eu sempre soube o que eu tinha que levar comigo - e cabia na mochila da escola. Menina ainda e o meu tio dizia para o meu pai: "Alan, a Fran [...]

EMERGENCY DOOR

EMERGENCY DOOR

... quando trabalhei a bordo dos navios da Costa Cruzeiros aprendi sobre três tipos de portas de emergência: a primeira, são as portas de emergência que dão acesso as áreas de crew (tripulação) e que em caso de evacuação, são por elas que devemos sair, ir até a cabine, pegar o colete salva-vidas e depois [...]

eu queria o mundo

eu queria o mundo

eu queria o mundo. honestamente, eu ainda quero.  talvez, não como todo mundo quer ou pelas razões que impulsionam a maioria das pessoas, mas eu ainda quero.  liberdade é pouco. o que eu quero ainda não tem nome,  disse a saudosa Clarice Lispector e como eu a entendo, como me sinto exatamente assim. na ânsia [...]

o frio da vida

o frio da vida

... estava encarando aqueles olhos castanhos escuro no reflexo do espelho, os olhos meus. procurava respostas, entendimento, amor e te ouvi. sabia que tua voz ainda faz eco na minha cabeça? fechei os olhos para te ouvir melhor. hábito. saudade. amor. tanto faz. contornei o meu corpo com os meus braços e sonhei com o [...]

chegando no fim

chegando no fim

estava chegando no fim. eu sabia. todos ao meu redor também sabiam. eu só precisava aceitar. encarar de cabeça erguida, deixar sangrar o que tinha que sangrar como um ritual de purificação. eu precisava nascer de novo, mas antes precisava morrer completamente. os dias estavam sendo cruéis demais. cada madrugada, uma sessão de tortura analítica [...]

carta para amanhã

carta para amanhã

querida eu, quando me encontrares amanhã me abraces. contes-me, que tudo no fim, quando o fim chegou, deu certo ou que deu alguma coisa ao menos. que as nossas angústias não foram em vão. que as nossas dores, floriram. que agora sorrimos mais e que todos os dias, vivemos a vida que deve ser vivida. [...]

(re)nascer

(re)nascer

os meus dias todos já estavam escritos  ainda que nenhum deles houvesse ainda  os meus dias todos já estavam escritos ainda que nenhum sonho meu houvesse ainda  há vinte cinco anos nasci para o que estava escrito há dez anos resisto pelos meus sonhos quando nada era, eu tudo pensava saber.  quando tudo veio a [...]

lembro

lembro

lembro, de não conseguir entender o que estava acontecendo. lembro, de não conseguir enxergar os cacos de vidro que furaram os meus pés, que estavam sempre descalços por aí (reclamava a minha mãe). lembro, de não conseguir respirar. lembro, de achar que era só outra tempestade. talvez, um furacão. lembro, de lá no fundo, ter [...]